Notícias

Revista lista maiores acidentes de trabalho em 2013; confira

A revista Time Magazine listou os piores acidentes de trabalho de 2013. O maior deles ocorreu em Bangladesh, onde o desabamento de um complexo industrial matou 1.127 pessoas


O complexo industrial de oito andares Rana Plaza desabou matando 1.127 pessoas em Bangladesh. De acordo com a revista, pelo menos 3,5 mil trabalhadores estavam dentro do edifício, que abrigava cinco fábricas de roupas, no momento do acidente. Um canal de TV local teria divulgado imagens do prédio antes do desabamento mostrando grandes rachaduras nas paredes.


Uma fábrica de aves pegou fogo na província de Jilin, Nordeste da China, deixando 119 mortos e ferindo dezenas de pessoas. Segundo a revista, relatórios apontam que as portas do local estavam trancadas, impedindo os trabalhadores de escapar do incêndio.


Uma explosão destruiu a sede da empresa Petróleos Mexicanos (Pemex), deixando 37 mortos e centenas de feridos. Após o incidente, as autoridades mexicanas concluíram que o problema ocorreu porque uma faísca, causada por falha elétrica, inflamou um local que continha gás armazenado.


Uma explosão destruiu uma fábrica de fertilizantes no Texas, Estados Unidos. O problema começou após um pequeno incêndio se espalhar rapidamente até um estoque de combustível. A explosão mediu 2.1 na escala Richter e pode ser sentida há cerca de 80 quilômetros do local. Quinze pessoas morreram e outras 200 ficaram feridas.


Uma explosão de gás destruiu um complexo de escritórios em Praga, capital da República Checa. A explosão, que deixou cerca de 40 pessoas feridas, pode ser sentida a aproximadamente dois quilômetros de distância. Centenas de pessoas foram evacuadas do local.

 

Fonte