Notícias

Jovens desempregados no mundo serão 75 milhões em 2012, prevê OIT

30/05/2012 12:00 - TAGS: ,

Da OIT

A taxa mundial de desemprego juvenil continua estancada no mesmo nível alcançado no ponto mais alto da crise econômica e não se espera que diminua até, pelo menos, 2016, sustenta a Organização Internacional do Trabalho (OIT) no seu relatório Tendências Mundiais do Emprego Juvenil 2012. As projeções mostram que 12,7 por cento da força de trabalho juvenil do mundo estarão sem emprego este ano, uma taxa que permanece invariável desde o ponto mais crítico da crise em 2009, e um pouco superior aos 12,6 por cento do ano passado, afirma o relatório.
A taxa seria ainda mais alta se forem considerados aqueles que – com frequência desmotivados pela falta de perspectivas – abandonam ou adiam a busca de emprego. Este ajuste situaria a taxa mundial de desemprego juvenil em 13,6 por cento em 2011.

Em nível mundial, estima-se que haverá cerca de 75 milhões de jovens desempregados de entre 15 e 24 anos em 2012, um aumento de aproximadamente 4 milhões desde 2007.

A taxa de desemprego terá uma pressão adicional quando os jovens que prolongam sua permanência no sistema educacional devido à falta de oportunidades finalmente entrarem no mercado laboral.
“A crise do desemprego juvenil pode ser superada, mas somente se a criação de emprego para os jovens for convertida em uma prioridade essencial na tomada de decisões políticas, e se forem intensificados os investimentos do setor privado de maneira significativa”, declarou o Diretor Executivo do Setor de Emprego da OIT, José Manuel Salazar-Xirinachs.

“Isto envolve medidas que ofereçam facilidades fiscais e outros incentivos às empresas que contratem jovens; esforços para reduzir a defasagem entre as qualificações dos jovens; programas de capacitação empresarial que integrem a formação profissional, a orientação e o acesso ao capital; e a melhoria da proteção social destinada aos jovens”, acrescentou Salazar-Xirinachs.

 

Fonte