Notícias

As carreiras com as melhores e piores condições de trabalho

30/04/2013 09:00 - TAGS: , ,

Ambiente emocionalmente estável e futuro promissor colocam atuária e engenharia biomédica no topo das melhores carreiras de 2013

Em alta e sem stress
O que faz uma profissão, realmente, vantajosa? Segundo ranking do Career Cast, a combinação entre baixa demanda física com um ambiente de trabalho emocionalmente saudável, bons salários, baixos níveis de stress e, claro, boas perspectivas de contratação e futuro profissional.

Graças a esta fórmula, este ano, os profissionais de atuária ganharam a primeira posição na lista que mede as carreiras com melhores condições de trabalho nos Estados Unidos.

No lado oposto está a carreira de repórter de jornal – considerada a pior para seguir daqui pra frente por conta dos elevados índices de stress, baixo salário e perspectiva profissional de curto alcance tendo em vista a crise do jornalismo impresso.

Confira qual foi a pontuação das 15 melhores e 15 piores profissões, segundo o Career Cast, nos seguintes fatores:

Ambiente de trabalho: Leva em conta fatores emocionais e físicos do ambiente de trabalho. Quanto maior a nota, mais “puxado” em termos emocionais e físicos é o trabalho.
Stress: Leva em conta 11 fatores estressantes, como prazos apertados e viagens de negócios, Quanto maior a nota, mais estressante o trabalho.
Potencial de contratação nos EUA: Leva em conta perspectivas de contratação futura e valorização salarial nos Estados Unidos. Quanto maior a nota, mais promissora é a carreira.

 

Fonte